Visita à coudelaria do Monte Velho

   

Após visita à coudelaria do Monte Velho, na passada quinta-feira, gostaria de deixar um testemunho daquilo que vi.  

A qualidade morfológica média é elevadíssima. Gostei muito de falar com o João Guilherme, que me acompanhou na visita, e que revelou aquilo que deve acompanhar um Homem de Cavalos, preocupação funcional e anímica, aliada a um sentido estético compatível com uma morfologia indiciadora de capacidade de resistência ao esforço.  

As presentes fotografias materializam um elevado sentido estético e anímico, que no futuro deverão ser confirmados na função. Quanto ao Diogo Mayer (filho), é efectivamente uma “Roda Gigante” desta coudelaria, pelo entusiasmo, dinamismo e simpatia, com que brinda todos aqueles que se aproximam da coudelaria do Monte Velho.  

Continuem este excelente trabalho de entendimento em equipa, e a encarar a criação do Lusitano com positivismo e elevação do potencial da raça.  

   

Aqui ficam algumas das imagens que recolhi:  

   

Equador MVL (Quo-Vadis SS x Que-há MVL)

  

  

A progenitora do "Equador"

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s